CFMV participa de evento no Senado Federal em homenagem à Medicina Veterinária

O presidente do Conselho Federal de Medicina Veterinária (CFMV), Francisco Cavalcanti de Almeida, participou, nesta segunda-feira (18), de Sessão Especial em homenagem a instituições da Medicina Veterinária.

A sessão comemorou os 110 anos de criação da Diretoria de Indústria Animal, os 36 anos da Academia Brasileira de Medicina Veterinária (Abramvet) — com destaque para seu presidente, professor Milton Thiago de Mello — e os 99 anos da Sociedade Brasileira de Medicina Veterinária (SBMV).

Almeida foi convidado a compor a mesa do Senado ao lado de autoridades, colegas de profissão e representantes da agropecuária brasileira, entre eles o presidente da mesa do evento, senador Wellington Fagundes (PR-MT) e a autoridade do Exército, general de Brigada Pedro Canazio.

Mesa do evento/Senado Federal. Foto: Decom/CFMV

Em seu discurso, o presidente do CFMV falou sobre o protagonismo da Medicina Veterinária na economia e na vida da população brasileira e a importância dos médicos-veterinários na proteção da saúde animal e no desenvolvimento do agronegócio no país. Atualmente, o Sistema Conselhos Federal e Regionais de Medicina Veterinária (CFMV/CRMVs) tem 161 mil médicos-veterinários registrados.

“Destaco o trabalho de um profissional, em especial, que considero como exemplo à classe pelo seu desempenho e pioneirismo: Doutor Milton Thiago de Mello, 103 anos. Ele é referência por sua dedicação, treinamento continuado e pela brilhante carreira construída”, disse Almeida.

O presidnete do CFMV lembrou a trajetória do colega. “Milton Thiago de Melo criou centros de combate à peste bubônica, trabalhou em pesquisas sobre brucelose e conquistou uma vasta experiência com primatas no interior da Amazônia, inclusive em aldeias indígenas”. Ao final do discurso, ele agradeceu os esforços e a atuação dos presidentes dos Conselhos Regionais de Medicina Veterinária para o sucesso da profissão.

O senador Wellington Fagundes detalhou, em suas palavras, a história da Medicina Veterinária e suas instituições. Ele discorreu sobre o momento de singular dinamismo e de grandes conquistas que a profissão passa atualmente. “Mesmo com a premência do tempo, este encontro também nos permite perceber que o sucesso do agronegócio está umbilicalmente ligado ao trabalho desses profissionais”, disse, e complementou: “Destaco Milton Thiago de Melo, que aos 103 anos goza de plena saúde, lúcido e muito produtivo, sendo o autor de inúmeros livros e de mais de 150 trabalhos científicos”.

Milton Thiago de Mello agradeceu a todos pelas palavras e homenagem, ressaltando que ainda tem mais a viver pela profissão. “O grande segredo de uma boa saúde é ter amigos”, comentou.

Também fizeram parte da mesa do evento: o secretário em exercício de Comércio e Relações Internacionais do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), Flávio Bittarelo; o vice-presidente da Federação Nacional de Medicina Veterinária, José Pinto Rocha; presidente e vice-presidente da Sociedade Brasileira de Medicina Veterinária, Luiz Cecílio e Josélio Moura; e o presidente da Academia Brasileira de Medicina Veterinária, Milton Thiago de Mello.

Prestigiaram a sessão, também representando o CFMV, o secretário-geral, Helio Blume; o tesoureiro, Wanderson Alves Ferreira; o asessor jurídico, Rodrigo Montezuma; e a assessora da presidência do Conselho, Erivânia Camelo. Além disso, participaram do evento os presidentes dos CRMVs dos estados da Bahia, Altair Santana de Oliveira; do Espírito Santo, Marcus Campos Braun; do Paraná, Rodrigo Távora Mira; de Santa Catarina, Marcos Vinícius de Oliveira Neves; e o secretário-geral do Distrito Federal, Roberto Gomes Carneiro.

 

Fonte: Portal CFMV