NOTA DO CRMV-PI

O Conselho de Medicina Veterinária do Piauí (CRMV-PI), como órgão de representação e fiscalização da Medicina Veterinária e Zootecnia, vem a público manifestar seu apoio aos produtores de suínos do estado, bem como somar esforços a Agencia de Defesa Agropecuária do Piauí (ADAPI) e à Superintendência do Ministério da Agricultura no estado, no combate ao foco de peste suína clássica detectada no município de Lagoa/PI.

Mesmo não trazendo perigo para a saúde humana por não ser uma zoonose, a peste suína clássica traz graves consequências financeiras para a cadeira produtiva de suinocultura, atingindo diretamente a economia do estado e até do país. Por isso, o CRMV-PI chama a atenção para a importância dos serviços de sanidade animal, hoje pouco valorizados pelos governos. A sanidade animal representa um tripé fundamental para a saúde humana, bem como para a construção de uma saúde única forte. É fundamental que governos, parlamentares e figuras públicas atentem para a importância de fortalecer instituições como a Agência de Defesa Agropecuária. É necessário que se tenha recursos financeiros, valorização dos recursos humanos e investimentos em infraestrutura para que a Agencia de Defesa possa estar sempre preparada para superar desafios como esse, assim que surgirem.

O momento é de união para que o combate à doença seja feito de forma eficaz, no entanto, não podemos deixar de refletir sobre o descaso que vem assolando os órgãos agropecuários no Piauí e no Brasil. O fortalecimento desses instrumentos de controle e de saúde de animal contribui diretamente com o fortalecimento da economia, saúde e cadeias produtivas do estado, já que não há cadeia produtiva forte sem uma sanidade forte, sem uma organização forte.