Novos conselheiros do CFMV tomam posse para o triênio 2017-2020

Por Carolina Menkes

Aconteceu nesta sexta-feira (15/12), na sede do Conselho Federal de Medicina Veterinária (CFMV), a solenidade de posse dos conselheiros efetivos e suplentes do CFMV para o triênio 2017-2020. A gestão terá início no dia 17 de dezembro deste ano e termina em 16 de dezembro de 2020.

Fazem parte da nova gestão o presidente Francisco Cavalcanti de Almeida, vice-presidente Luiz Carlos Barboza Tavares, secretário-geral Nivaldo da Silva e tesoureiro Hélio Blume.

Compõem o grupo dos novos conselheiros efetivos Cícero Araújo Pitombo; João Alves do Nascimento Júnior; Wendell José de Lima Melo; Therezinha Bernardes Porto; José Arthur de Abreu Martins; e Francisco Atualpa Soares Júnior. Os novos conselheiros suplentes são Wanderson Alves Ferreira; Fábio Holder de Morais Holanda Cavalcanti; Paula Gomes Rodrigues; Nestor Werner; Antonio Guilherme Machado de Castro; e Irineu Machado Benevides Filho.

Diretoria e Conselheiros do CFMV gestão 2017/2020. Foto: Ascom/CFMV.

Também compareceram à cerimônia autoridades representando a Subsecretaria de Abastecimento e Desenvolvimento Rural; a Universidade Federal de Goiás (UFG); e a Associação Brasileira de Zootecnia (ABZ).

Realizações da atual gestão

O presidente do CFMV, Benedito Fortes de Arruda, fez um agradecimento à atual diretoria, aos conselheiros e integrantes de comissões da atual gestão.  Arruda destacou a importância de um trabalho de planejamento contínuo dentro do Sistema CFMV/CRMVs e citou três dos principais projetos realizados durante a gestão, como o Estratégias de Ensino-aprendizagem. “Levamos para dentro das instituições a prática do humanismo, tão necessário no mundo de hoje, que foi abraçado com responsabilidade por várias delas indo além da Medicina Veterinária”.

Presidente do CFMV, Benedito Fortes de Arruda. Foto: Ascom/CFMV.

Arruda também ressaltou o lançamento do Seres – Banco de Conhecimento da Medicina Veterinária e Zootecnia e a Acreditação dos Cursos de Graduação em Medicina Veterinária.

“A vida é sempre uma incógnita, mas percebemos que os momentos que realizamos nesses anos foram mais grandiosos do que pequenos. Criamos pontes para que a comunicação pudesse ser compartilhada dentro dos princípios éticos, com respeito e consideração, buscando equilíbrio e harmonia pelo bem comum”, afirmou.

Unificação

“O Sistema é de todos”. Com essa frase Francisco Cavalcanti de Almeida deu início a seu discurso na cerimônia e defendeu a promoção de uma única voz entre o Sistema CFMV/CRMVs. “Vamos trabalhar com a visão da unificação do Sistema com força política e abrangência suficiente para conectar os profissionais, estudantes e cidadãos em todos os lugares e a todo o tempo. Nosso objetivo é promover a Saúde Única e o bem-estar dos animais, dos seres humanos e a sustentabilidade do meio ambiente em prol da valorização das classes”, destacou.

A capacidade de inovação, segundo ele, é a chave para o sucesso e fortalecimento da profissão. “Seremos, junto aos colegas, protagonistas nas grandes discussões do agronegócio, na Responsabilidade Técnica e no desenvolvimento da formação profissional. Teremos CRMVs fortalecidos, integrados e coesos, que representem os médicos veterinários e zootecnistas”.

Franscisco Cavalcanti de Almeida, presidente eleito para gestão 2017/2020. Foto: Ascom/CFMV.

Francisco Cavalcanti de Almeida citou outros temas que pretende debater com afinco durante a gestão em câmaras nacionais de presidentes, como o avanço da criação de cursos de Medicina Veterinária, a formação de técnicos veterinários, as estratégias voltadas ao controle populacional de cães e gatos de forma desordenada e sem qualificação, além do progresso na formulação de leis a nível estadual e municipal.

O futuro presidente destacou ainda o foco em avanços na comunicação durante a próximo gestão, com maior criatividade, inovação e transparência, por meio de competências estratégicas. “Normatizar e fiscalizar, orientar o profissional, promover a organização das classes diretamente ou por intermédio dos CRMVs. Este sempre será nosso Norte, mas necessitamos de algo mais – nosso DNA precisa estar impregnado, no bom sentido da palavra, de inovação e de uma excelente gestão”, finalizou.

Saiba mais

A Diretoria e os Conselheiros do novo triênio foram eleitos em votação realizada no dia 1º de setembro pelos delegados dos Conselhos Regionais de Medicina Veterinária (CRMVs), por escrutínio secreto e maioria absoluta de votos. Na mesma reunião foram eleitos os conselheiros suplentes.

A diretoria eleita do CFMV assinou o termo de posse para a Gestão 2017/2020 no dia 16 de novembro;

O processo eleitoral é normatizado pela Resolução CFMV nº 955, editada a partir do poder regulamentar exclusivo e privativo conferido ao Conselho diretamente pelo artigo 16, ‘f’, da Lei nº 5.517, de 1968.

Confira a galeria de fotos no Facebook e no Portal CFMV

Assessoria de Comunicação do CFMV