Parabéns, zootecnistas!

Em 04 de dezembro de 1968, o então presidente Costa e Silva, sancionou a Lei 5.550 que dispõe sobre o exercício da profissão de Zootecnista no Brasil. No entanto, dois anos antes (1966) já surgia no país o primeiro curso de Zootecnia, na Pontifícia Universidade Católica de Uruguaiana no Rio Grande do Sul. Hoje, segundo dados do INEP através da “Sinopse Estatística da Educação – 2017”, o Brasil possui 89 Instituições de Ensino Superior, entre públicas e privadas, que oferecem 112 cursos, todos devidamente chancelados pelo Ministério da Educação, totalizando mais de 19.000 matriculas.

Ao longo destes anos, muitos são os avanços e motivos para comemorar!

O profissional Zootecnista teve papel fundamental para tornar a pecuária brasileira competitiva e reconhecida mundialmente, fortalecendo a empregabilidade e o desenvolvimento das regiões do país. Tendo em vista que, este profissional atua na produção animal em todos os seus ramos e aspectos, buscando a maior produtividade e rentabilidade na criação animal, nutrição, manejo, pesquisa, bem-estar, melhoramento genético e gestão da produção animal.

O Conselho Regional de Medicina Veterinária do Piauí parabeniza toda a categoria zootecnista pelos 50 anos de atuação no Brasil, desejando muitos outros anos de sucesso, garantindo o bem estar animal, contribuindo com o estabelecimento de manejos adequados para todas as espécies animais, aumento da produção de alimentos seguros, bem como a permanência do Brasil no cenário do agronegócio mundial.